O mercúrio é um elemento metálico muito particular que em condições atmosféricas se encontra em estado líquido – até então é pouco comum termômetros de mercúrio.

Para o meio ambiente se trata de um contaminante muito persistente nocivo tanto para o ser humano como para o seu entorno. Devido a sua elevada volatilidade pode se difundir rapidamente ou se condensar em pequenas gotinhas. No meio ambiente reage para dá lugar ao metilmercúrio, considerado como um grave problema de contaminação que se acumula nos tecidos dos peixes y através da cadeia alimentar chega a nossa mesa.

Na atualidade seu uso está muito restrito, porém há uma aplicação, cada vez mais importante, na qual se é permitido: a fabricação de lâmpadas de baixo consumo ou lâmpadas florescentes compactas (CFL). É certo que cada lâmpada incorpora uma pequena quantidade de mercúrio, e as novas tecnologias em desenvolvimento fazem com que essa redução seja maior.

Devido à substituição das lâmpadas tradicionais incandescentes pelas florescentes compactas, cada vez são mais as que acabam sua vida útil e terminam em um centro de tratamentos de resíduos. Desta maneira se apresenta uma fonte de emissão de vapores de mercúrio cada vez mais importante: as plantas de reciclagem de lâmpadas compactas incandescentes.

 

carbon activo pellets

Para evitar a emissão de mercúrio ao exterior, a melhor solução é aspirar o ar na zona de trituração / fechamentoe fazê-lo passar por um filtro de carvão ativo específico.

O carvão ativado mais adequado demonstrou ser de origem betuminosa impregnado no enxofre elementar, como o Alphacarb HG, disponível em pellets de 4mm, e que por suas características pode se incorporar a filtros, cartuchos, bandejas ou equipamento de leito profundo.

Alphacarb HG é um produto altamente confiável para esta aplicação e está disponível nos nossos departamentos.